13 de fevereiro de 2010

Sobra tanta Falta.

Queria dizer que entendo, que consigo viver sem lembrar aqueles dias. Felizes ou não. Pensei que poderíamos viver nossas vidas e seguir nossos caminhos, mas, não sabia que seria difícil ver seus novos amigos, suas novas atitudes, a pessoa que você se tornou sem mim. 

Vivi do meu orgulho bobo, das atitudes metódicas e de todos os planos para o futuro, mas meu presente não é mais tão colorido quanto planejei e as manhãs já não são tão claras.

Queria ter a coragem de admitir, mas, não sei se tenho algo guardado para você. Não sei se vale à pena repetir os erros e tentar ser o que eu nunca fui. 

Não te amo. Ainda não encontrei alguém que faça a respiração faltar e as borboletas voarem no meu estômago. Mas, sinto falta de alguém, do carinho e da responsabilidade. Sinto Falta de alguém, que não seja você.