18 de maio de 2011

‘a poesia prevalece’

‘Bem-vindos ao O Teatro Mágico!’ E assim começa o primeiro álbum da trupe.

Criado em 2003 por Fernando Anitelli reúne elementos do circo, do teatro, da poesia, da música, da literatura, da política e do cancioneiro popular. Inspirados na obra ‘O Lobo da Estepe’ de Hermann Hesse, as composições tratam dos personagens que as pessoas precisam assumir nas diversas situações do cotidiano. 

Com dois CDS lançados - ‘Entrada para Raros’ e ‘O Segundo Ato’ -, ambos sem o apoio de gravadoras ou campanhas midiáticas, dizem-se independentes.  A trupe já projeta a criação da terceira etapa, buscando aprofundar ainda mais os debates que cercam a sociedade desigual e desumana que nos rodeia. 

“Quando eu li sobre o Teatro Mágico do Hesse, percebi que era justamente aquilo que eu gostaria de  montar: um espetáculo que juntasse tudo numa coisa só, malabaristas, atores, cantores, poetas, palhaços, bailarinas e tudo mais que a minha imaginação pudesse criar. O Teatro Mágico é um lugar onde tudo é possível” 
(Fernando Anitelli)


Espero que curtam,