2 de junho de 2011

Pendurada!

Sexy e inocentes na mesma medida, Pin Up’s são o meio caminho entre a malícia e a ingenuidade. Marilyn Monroe, Batty Grable, Brigitte Bardot, Dita Von Teese e Katy perry são as grandes representantes do estilo que vai muito além de cintura marcada, unhas e maquiagem impecáveis.

No imaginário masculino desde o começo do século XX. Pin Up são mulheres cujas curvas, caras, bocas e principalmente modo de vestir formam incones da cultura pop. Mesmo sendo muito sexy há um toque de romantismo, que caracateriza um pouco a inocência.

Pendurada! As imagens pin-ups podiam ser recortes e calendários, que eram produzidos para serem pendurados em bares, pubs. Daí, vem o termo Pin Up que em inglês significa pendurada. 

You are Cheesecake! ‘Cheesecake’, em inglês, é sinônimo de ‘foto pin up’.  Portanto, se algum homem te disser “Better than cheesecake”, não se assuste... ele te chamou de gostosa. Ou algo assim. ;)

Bacana é como a idealização de corpo perfeito muda com o tempo: as primeiras PinUps, como Betty, eram mais gordinhas. Algo como seio farto, perna grossa e cinturinha. Com essa fotografia ela se tornou uma das Pin ups mais famosa durante a II Guerra Mundial. Ficando pendurada em muitos armários de soldados.

Brigitte Bardot. Femme Fatale. As suas iniciais B.B., lê-se "bebê" em francês, acentuavam ainda mais a imagem de garotinha. Ela foi a primeira atriz a aparecer em filmes sem meias, inspirando outras mulheres a abandonar esse acessório. As Pin Ups revolucionaram muito mais que mentes masculinas, pois representavam uma independência feminina que a época não podiam se quer mostrar o tornozelo correndo o risco de ser taxada de leviana.

Diva das Divas, Marilyn até hoje inspira e seduz. Um único comentário: Por volta de 1950 não existia nem Photoshop, nem celulite... Ou só a Marilyn consegue?

Fetichista assumida, Dita Von Teese reinventou da estética pin up dos anos 40 e 50 e do termo burlesco associado à arte ancestral do strip-tease, protagonista de espetáculos que incluem banho num copo de Martini gigante.




Escolhi essas fotos de Dita para mostrar que ao contrário do que pensam saias e vestidos abaixo do joelho, são tão comuns quanto roupas curtíssimas. E esse tipo de look é bem característico dela, que divaga entre Burlesco e Pin Up com maestria.


Por último e não menos importante, a Pin up com mais destaque atualmente: Katy Perry. Apesar de não ser a representante mais fiel e tradicional, Katy traduz muito do estilo no seu dia a dia e incorpora mais que o vintage em seus looks.


 Quem gosta do estilo e quer incorporar, sem andar montada pelo meio da rua, é só lembrar: As marcas de uma Pin Up são o vermelho, a Cereja, à cinturados, unhas impecáveis, batom bem forte e delineador.

Mais do que ícones, as pin up representam mulheres de verdade, que conseguem ser sexy sem ser vulgar. Que não são extremamente magras ou siliconadas, são elas mesmas. Com seu próprio corpo e muita atitude, acima de roupas e modelagens. 

Agora, aqui entre nós, elas não são muito mais Sexy que muita mulher que anda quase sem roupa, especialmente, por nossas terras tupiniquins e mundo a fora?