16 de julho de 2011

Harry and me


Minha história com Harry Potter, foi um pouco diferente de todo mundo. Não são 13 anos, não li todos os livros e parei quinto filme – que, por sinal, não recordo o sobrenome.

Não lembro a primeira vez que vi o filme, talvez tenha alugado o DVD... só sei que não fui ao cinema e que demorou bastante desde o lançamento. O segundo filme vi outro dia no SBT, mas depois do terceiro... fui loucamente ao cinema ver o quarto.

A essa altura, todos os livro já haviam sido lançados, todo mundo já sabia o final e não vi mais graça em me deslocar até a sessão mais próxima. Fui assistir o quinto por que alguém me arrastou e pagou pelo meu ingresso. Nesse meio tempo, devo ter, comprado revistas, lido milhões de coisas na internet. assisti e reassisti o filme do torneio, mas nada realmente significativo.

Não sei o porquê do desinteresse repentino na tal saga. Só sei que o bruxinho não possui efeito sobre mim, como tem sobre o restante do planeta. Outro dia, uma amiga emprestou-me o primeiro livro e uma nova chama se acendeu. Mas, continuo com uma frieza inglesa em relação a Hogwarts. Um dia quando tiver tempo, e dinheiro - sobrando - vou comprar todos os livros e DVDs.

Só assim vou ler e assisti a saga completa do bruxinho que mesmo a certa distancia, marcou minha infância e adolescência. A maior coincidência é que no mês que completo 18 anos a magia tira férias do cinema.