10 de julho de 2014

3x4, Aquarela, Tatuagem... Victor Octaviano.


Eu vou fazer uma Tatuagem. Eu não sei quando, eu não sei exatamente onde, tenho mais ideias que coragem... E nessa de pesquisa, pesquisa; imagina, imagina; conheci o trabalho de Victor Octaviano em algum lugar da internet.

Victor mora em São Paulo, tem 29 anos e é tatuador e ilustrador autodidata. O que me chamou atenção desde o começo é que, além de seus desenhos serem incríveis, ele é expert no estilo aquarelado (watercolor tattoos). Watercolor tattoos reproduz aquarelas em tatuagens, reproduzindo as manchas de tinta com tons fortes e outros mais aguados.

Ele topou conversar um pouco com a gente. No post, um monte de coisas sobre tattoos, além de imagens do trabalho dele, que podem ser vistas em detalhes no instagram e facebook.

No instagram: @victoroctaviano



Alices: Quem é Victor Otaviano?
Victor: Desenho desde criança, com o tempo me tornei tatuador e ilustrador e hoje vivo do que faço.

Alices: O que uma pessoa precisa fazer para se tornar tatuador? Quais talentos que precisa desenvolver?
Victor: Acredito que primeiramente gostar de desenhar e se dedicar a isso, depois vc precisa aprender a parte da higiene que é muito importante para saúde tanto do cliente quanto a sua e aprender a lidar com as pessoas.

Alices: Você tem tatuagens? 
Victor: Tenho tantas tatuagens que já perdi a conta, normalmente tatuo algo que marcou minha vida, como se fosse um diário mesmo, em alguns casos só eu sei o que realmente a tattoo que dizer.

Alices: Como foi fazer a primeira tatuagem em outra pessoa?
Victor: Foi meio maluco, tatuei a garota que namorava na época... Lembro de ter ficado bem nervoso. rs.


Alices: Como você conheceu e desenvolveu a técnica em aquarela?
Victor: Esse lance da "aquarela" foi bem natural, sempre gostei de desenhar com respingos, sangue escorrendo, traços esboçados com o tempo pude usar isso mais nas tattoos e hoje praticamente me procuram por isso, na maioria das vezes tenho total liberdade pra tatuar meus clientes. Claro que sou influenciado pelo trabalho de outros artistas que gosto tanto dentro e fora da tattoo.

Alices: Qual o seu trabalho favorito?
Victor: Meu trabalho favorito geralmente é o ultimo que fiz e amanha já não vai ser mais, tenho um grande problemas em gostar do que faço, sempre penso o quanto poderia ser melhor.

Alices:  Como é processo criativo para chegar a “eu quero a tatuagem desse jeito”?
Victor: Normalmente o cliente me da uma linha de raciocínio e dentro dela criamos a tatuagem, muitas vezes direto na pele.




Victor, obrigada pela atenção. Parabéns pelo seu trabalho (acho que pela milionésima vez), 
me aguarde que qualquer dia eu apareço em seu estúdio ;)