29 de março de 2015

- 5kg em 14 dias com a nova dieta do Mil Alices

O título desse post soa assustador para mim, não sei para vocês, mas essa é a capa da maioria das revistas femininas que a gente vê por ai.

Eu já fiz muitas dietas nessa vida, algumas por questão de saúde, outras nem tanto, e assim como minhas dietas não costumam durar mais que um par de meses, essa loucura fitness sempre me incomodou ao extremo.

Já que vamos conversar sobre isso, vou começar esclarecendo que eu NÃO sou contra pessoas que curtem malhar, comer bem, levar uma vida saudável, compartilhar isso tudo na internet e o melhor: ganhar dinheiro fazendo uma coisa que gostam.

De certa forma, eu sempre acompanhei o movimento instafitness porque é um pouco impossível fechar os olhos para as bloguetes de moda e musas em todos os recantos da internet, e agora fora dela. 

Porém, para quem - como eu - ama cozinhar, comer comidas diferentes e juntar os amigos para comer, só em pensar em restringir a alimentação já começa o sofrimento. Infelizmente, com minha recém descoberta Intolerância a Lactose, acabei tendo que me jogar de cabeça na dieta e na busca por alternativas ao leite pela internet e a escravidão da beleza que eu descobri tem me deixado perplexa.

É claro que todo mundo conhece todos os problemas ligados a alimentação como bulimia e anorexia, além de toda a pressão midiática a respeito do corpo magro perfeito, mas o que eu quero colocar em pauta é qual a necessidade disso tudo e qual o preço que estamos pagando?

Uma das minhas buscas mais comuns no google é "alguma receita" + sem lactose e é surpreendente o número de links de blogs de dietas onde meninas, sem qualquer restrição alimentar por saúde, dá dicas de comida sem lactose, sem glúten, sem ovo (e sem sabor) ao mesmo tempo. Ou "prescrevem" dietas milagrosas que prometem um corpo sarado em poucos dias sem nenhum apoio médico ou qualquer análise de quais os efeitos colaterais disso no corpo.

Dieta me deixa extremamente irritada, ser impedida de comer me estressa em níveis estratosféricos e eu continuo sem entender como pessoas passam fome voluntariamente enquanto milhões de pessoas morrem de fome por não ter o que comer. Está em moda estar de dieta e com o Dr. Google disponível a todos 24horas por dia, 7 dias por semana é mais ainda mais fácil passar fome em troca de um corpo maravilhoso.

NO PAIN NO GAIN. É bizarro, para mim, ao ponto de questionar a sanidade mental das pessoas. Porque eu acredito que qualquer atividade física deve ser prazerosa e não dolorosa. Se tá doendo, se você está sofrendo, TEM ALGUMA COISA ERRADA! E nesse ponto cabe o bom senso e profissionais acompanhando cada pessoa, alguma dor é normal, sofrimento não.

Também é complicado pagar por todo esse glamour fitness, mas eu acredito fielmente que há alternativas low cost para quem realmente deseja uma vida saudável.

Eu sei que ter uma rotina de exercícios, uma dieta balanceada, hábitos saudáveis e acompanhamento médico faz muito bem. Eu sei que se sentir bonito é maravilhoso e que a mídia/sociedade nos impõe um padrão surreal. E eu também acredito em mente sã, corpo sã. Eu só queria ver as pessoas aceitarem a si mesmos independente dos padrões dos outros, eu queria achar receitas gostosas sem que ler "estou de dieta fitness" nas entrelinhas. Eu só queria que fosse bonito ser feliz ao invés de ser bonito ser magérrimo. 


Textos relacionados internet a fora: